quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Brincadeiras, em casa, para as famílias

 TEMPO PARA BRINCAR

 

«Brinca enquanto souberes!

Tudo o que é bom e belo

Se desaprende...

A vida compra e vende

A perdição,

Alheado e feliz,

Brinca no mundo da imaginação,

Que nenhum outro mundo contradiz!

Brinca instintivamente

Como um bicho!

Fura os olhos do tempo,

E à volta do seu pasmo alvar

De cabra-cega tonta,

A saltar e a correr,

Desafronta

O adulto que hás-de ser!»

                                Miguel Torga


Nunca será demais sublinhar e repetir o quanto a brincadeira é essencial à vida das crianças (e dos adultos).

Brincadeira é uma palavra ampla, larga, que integra uma multiplicidade de atividades úteis para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças. Vejam só: BRINCAR é uma ação livre, espontânea, escolhida por vontade própria, plena de sentido, é a sua aprendizagem do mundo, fonte de prazer e de satisfação. Libertadora do excesso de energia, fomenta a autonomia, estimula a curiosidade, aumenta a autoconfiança, desenvolve a linguagem, o pensamento, a concentração e a atenção, são as bases do desenvolvimento da criança.

E os adultos que não se esqueçam de brincar, faz bem à saúde!

Não se recordam como é? Perguntem aos vossos filhos, eles ensinam-vos.

Para começar, ou melhor, para continuar, umas brincadeiras calminhas, brincar com palavras, sonoridades e voltar aos trava-línguas.

Vejam este livro: TRAVA LÍNGUAS

Nele se apresentam um conjunto de trava-línguas nas suas línguas originais – português, espanhol, italiano, francês e inglês – dando-nos a conhecer personagens tão divertidas como a “cabra traga trapos”, o “papa papão” ou os talvez menos soletrados “pauvre petit pêcheur” ou “Paquito que empaca copitas”.https://www.planetatangerina.com/pt



Agora ideias para umas brincadeiras mais mexidas:

- organizar no chão percursos, com fita adesiva, que podem sugerir vários jogos: andar sem sair do risco, andar sem sair do risco com algo na cabeça (almofada) , fazer os percursos com umas caricas/cápsulas;

- construir uma estrada de almofadas e rolar sem sair do lugar;

- construir uma teia, com lãs, à volta de uma porta e fazer de conta que é aranha, andar de fio em fio, sem a partir;

- acertar nos alvos com bolas de trapos (meias velhas);

- imaginar gincanas na sala, furar por baixo das cadeiras, agarrar uma batata com uma colher e andar de joelhos, …

Imaginem e divirtam-se!

Deixo-vos algumas fotos para se inspirarem:

Fonte: https://www.beesytoeasy.com/atividades-fisicas-dentro-de-casa-para-criancas-com-muita-energia/#google_vignette


         







        

Podem continuar a mexer as mãos e a língua com o desafio da semana passada.

Abraço MJV






Sem comentários:

Publicar um comentário

Tintin em Miranda do Corvo

Para assinalar os 92 anos do repórter Tintim e os 80 anos do Capitão Haddock, companheiro de aventuras de Tintim, apresentamos a exposição &...