sexta-feira, 25 de abril de 2014

Comemorações do Dia Mundial do Livro e do Dia 25 de Abril






Para comemorar o Dia Mundial do Livro realizou-se uma Feira do Livro na Biblioteca Manuel Alegre, bem como uma Feira do Livro Usado, quer na EB 2.3 C/ Sec. José Falcão, quer na EBI/JI Ferrer Correia. Foram, ainda, divulgados nas portas das salas de aula muitos dos livros existentes nas bibliotecas de ambas as escolas. Dada a proximidade desta efeméride ao 25 de Abril, as professoras bibliotecárias divulgaram  livros e fizeram algumas leituras alusivas a este acontecimento, sala a sala, para alunos da educação pré-escolar, do 1º e do 3º CEB, nas referidas escolas. Fez-se, também, um mural com  divulgação de poemas sobre o 25 de Abril.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Dia Internacional do Livro Infantil

Comemora-se no dia 2 de Abril o Dia Internacional do Livro Infantil. Esta data, festejada desde 1967, foi escolhida pelo Conselho Internacional sobre Literatura para os Jovens (International Board on Books for Young People - IBBY) por celebrar o nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.
Desde então, todos os anos um país diferente escolhe um tema, cria uma ilustração e redige uma mensagem de incentivo à leitura e chamada de atenção sobre o valor dos livros para crianças.


Imagine Nations Through Stories é o tema que serve de inspiração à mensagem e ao cartaz deste ano, com origem na Irlanda. A mensagem é assinada pela irlandesa Siobhán Parkinson, que faz um apelo à leitura e ao uso da imaginação. 


 

“Os leitores frequentemente perguntam aos escritores como é que eles escrevem as suas histórias – De onde surgem as ideias? Da minha imaginação, responderá o escritor. Ah, sim, dizem os leitores. Mas onde está a tua imaginação, e do que ela é feita, e toda a gente tem uma?

Bem, diz o escritor, está na minha cabeça, claro, e é feita de imagens e palavras e memórias e excertos de outras histórias e palavras e fragmentos de coisas e melodias e pensamentos e rostos e monstros, e formas e palavras e movimentos e palavras e ondas e arabescos e paisagens e palavras e perfumes e sentimentos e cores e rimas e pequenos clicks e lufadas e sabores e rajadas de energia e enigmas e brisas e palavras. E tudo isto girando dentro da tua cabeça, cantando e caleidoscópicando e flutuando e sentando e pensando e coçando a cabeça.

É claro que cada um tem uma imaginação: caso contrário, não conseguiríamos sonhar. Embora a imaginação de cada um não contenha a mesma coisa. Provavelmente dentro da imaginação dos cozinheiros existem maioritariamente sabores, e a imaginação dos artistas deve ser composta por muitas cores e formas. Já a imaginação dos escritores é repleta de palavras.

E para os leitores e ouvintes de histórias, a sua imaginação é também movida por palavras. A imaginação do escritor trabalha e gira e forma ideias e sons e vozes e personagens e acontecimentos numa história, e a história é feita de somente palavras, batalhões de rabiscos que marcham através das páginas. De seguida, vem um leitor e os rabiscos ganham vida. Eles permanecem na página, ainda parecem batalhões, mas também estão a brincar com a imaginação do leitor, e o leitor está agora a moldar e a girar as palavras de modo que a história decorre agora dentro de sua cabeça, como já aconteceu na cabeça do escritor.

É por isso que o leitor é tão importante para a história como o escritor. Existe apenas um escritor para cada história, mas existem centenas, ou milhares ou até mesmo milhões de leitores, não só na língua do escritor, mas também traduzido em muitas línguas. Sem o escritor a história nunca teria nascido; mas sem as centenas de leitores à volta do mundo, a história nunca teria vivido todas as vidas que podia viver.

Cada leitor de uma história tem algo em comum com todos os outros leitores dessa história. Separadamente e de alguma forma também juntos, eles recriaram a história do escritor na sua própria imaginação: um ato que é ao mesmo tempo privado e público, individual e comunitário, íntimo e internacional. Pode muito bem ser o que os humanos fazem de melhor.

Continuem a ler!”

Siobhán Parkinson

Autor, Editor, Tradutor e detentor da posição de “Laureate na nÓg” (Children’s Laureate of Ireland).







                                                        por Niamh Sharkey


(Cartaz Oficial do Dia Internacional do Livro Infantil de 2014)

 








 


Dia das Mentiras

Sabes a origem deste dia?

13ª edição do Concurso Nacional de Leitura 2018

Estão abertas as inscrições para a 13ª edição do Concurso Nacional de Leitura de 2 a 8 de novembro de 2018. Procura a ficha de inscrição...