sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Feira do Livro de Natal - Escola Ferrer Correia



FEIRA DO LIVRO DE NATAL


Vai estar durante uma semana, na Biblioteca Maria Augusta de Campos, EBI/JI Ferrer Correia, uma feira do livro de Natal com novidades e bons descontos.

e muitos outros mais…


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Leituras da República

No âmbito das comemorações do 5 de Outubro, Biblioteca Escolar e Biblioteca Municipal desenvolveram a atividade Leituras da República com os alunos do 4º ano, tendo resultado vários trabalhos interessantes que podem ser consultados em baixo.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Guia do Utilizador da Biblioteca Escolar

Este GUIA DE UTILIZADOR foi construído com o objetivo  de orientar as pessoas a usarem com autonomia os serviços da Biblioteca Escolar.
Junho de 2016


domingo, 6 de novembro de 2016

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares e Comemorações dos 20 anos da RBE

A RBE - Rede de Bibliotecas Escolares- fez 20 anos em 2016. O Gabinete RBE escolheu o MIBE - Mês Internacional da Biblioteca Escolar - para dar ênfase às comemorações. A BE do AEMC, ao nível do 3º CEB, centrou-se na divulgação de sugestões de leitura a partir do videoclipe "O Baile da Biblioteca". Tomando como pretexto os autores e as personagens referidas na letra, foi feita uma reflexão em torno de obras da literatura universal e outras: A Mensagem, Auto da Barca do Inferno, Dom Quixote, A Ilha do Tesouro, Odisseia, Este Livro que Vos Deixo, ... Breves referências aos autores, às obras, a curiosidades históricas a eles associadas, ...
A atividade mostrou como a partir de um poema simples, divulgado de forma lúdica, se pode saltar para reflexões mais profundas sobre  o ser humano, o mundo, a vida, ...
Esta atividade continuará na BE até ao final do 1º período.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

HALLOWEEN

Como habitualmente, foi disponibilizada alguma informação sobre Halloween nas bibliotecas escolares, bem como sugestões de leitura e decoração alusiva.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

"Felicitações RBE!"

3º C - Cartão de felicitações RBE

Após o desafio lançado pela Biblioteca Escolar, a turma do 3º C do CE enviou as seguintes propostas de cartão de felicitações à RBE pelos seus 20 anos.



2º C do CE - Felicitações RBE!

Os alunos e as alunas do 2º C do CE enviaram as suas propostas de cartões de felicitações à RBE pelo seu vigésimo aniversário, na sequência do convite feito pela BE.

2º B - Cartões de "Parabéns RBE!

Em resposta ao desafio da Biblioteca Escolar, para que enviassem um cartão de felicitações à RBE pelos seus 20 anos,  os alunos e alunas do 2º ano B enviaram as suas propostas:



Cartão de Parabéns RBE - 2º A do Centro Educativo

Cada aluno e aluna  do 2º ano da turma A do Centro Educativo, perante o convite das Bibliotecas Escolares, criou um cartão de parabéns. Ficam aqui as suas propostas:

1º ano do Centro Educativo - Parabéns RBE

Os alunos do 1º ano do Centro Educativo, perante o convite das Bibliotecas Escolares, criaram um texto de parabéns às BE e cada aluno e aluna criou um cartão de parabéns. Ficam aqui as suas propostas:


Parabéns RBE!

No âmbito das comemorações dos 20 anos da Rede de Bibliotecas Escolares, as Bibliotecas do Agrupamento solicitaram à Associação de Pais a elaboração de um cartão de parabéns, bem como a alguns alunos. Aqui apresentamos os cartões elaborados pelas Bibliotecas, pela APAIS e pela aluna Ana Maria Silva do 5º C.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Prémio Nobel da Literatura

Bob Dylan e o Prémio Nobel

O Prémio Nobel da Literatura foi esta quinta-feira atribuído em Estocolmo a Bob Dylan. O músico norte-americano tornou-se o 113.º escritor a receber o mais cobiçado prémio literário do planeta. "Por ter criado novas formas de expressão poética no quadro da grande tradição da música americana", foi assim que a Academia Sueca justificou a entrega do Nobel ao cantor norte-americano. Pode continuar a ler esta
notícia aqui.



As bibliotecas escolares estão de parabéns!

O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares escolheu o mês de outubro - Mês Internacional da Biblioteca Escolar - para comemorar os 20 anos da sua criação. Assim, todas as Bibliotecas Escolares estão de Parabéns!



Música em Família



Os Serviços Educativos da Casa das Artes vão iniciar no próximo dia 15 de outubro o projeto Música em Família.
Trata-se de atividades para crianças até aos 6 anos de idade e respetivos pais em que a música e os seus elementos são matéria a explorar com jogos, dramatizações e muita alegria.
Com metodologias distintas e adaptadas à capacidade cognitiva do grupo participante, a Música em Família pretende ser um momento de interação e de divertimento, tendo como pano de fundo a música.
As sessões têm início às 10h30 na Casa das Artes e estão agendadas para 15 de outubro, 12 de novembro e 10 de dezembro.




Exposição "De Estocolmo ao Rio de Janeiro. O século olímpico português"

Vai estar patente até ao dia 31 de outubro, na Biblioteca Municipal Miguel Torga, a exposição “De Estocolmo ao Rio de Janeiro. O século olímpico português”, produzida pela Academia Olímpica de Portugal.
Trata-se de uma exposição que pretende mostrar a participação de Portugal nos Jogos Olímpicos desde 1912, data da primeira participação de uma delegação portuguesa.
Desde esses quintos Jogos Olímpicos modernos, Portugal nunca mais deixou de marcar presença na mais importante celebração desportiva mundial de Verão e também em algumas edições dos Jogos de Inverno. Uma história já centenária, contada numa exposição que recorre a documentos e objetos diversos para evocar sucessos e infortúnios protagonizados por alguns dos mais de 750 desportistas que representaram Portugal em 31 edições dos Jogos Olímpicos.
Esta exposição integra um programa mais vasto da autarquia que acolhe este ano a XVII Sessão Anual da Academia Olímpica de Portugal e a 8º Sessão para Membros desta Academia.
Os docentes de Educação Física poderão organizar visitas à exposição com os seus alunos.

domingo, 9 de outubro de 2016

Inscrições para alunos monitores


20 Anos RBE - Uma História com Futuro


Manuela Pargana Silva
Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares

Em 1996 foi lançada a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE). Vinte anos depois, 2016 é o ano que dedicamos a celebrar o percurso feito, mas também, e sobretudo, a refletir, a pensar em como podemos responder às exigências dos tempos que vivemos.  Tempos de grande aceleração, de crise de valores, de alterações profundas nos modos de perceber e de pensar. Como garantir que seremos abertos, flexíveis, adaptáveis e exigentes para garantir ao nosso público uma formação que lhes permita viver num mundo que ainda não sabemos como será? Tudo vai depender de como formos capazes de perspetivar o futuro.
Com o trabalho, o esforço e a inteligência de todos - professores bibliotecários, coordenadores interconcelhios, colaboradores do Gabinete RBE - chegámos até aqui com resultados de que nos podemos orgulhar.
Ao nosso lado temos parceiros próximos e valiosos que enriquecem o nosso programa, ao mesmo tempo que usufruem desta rede com créditos firmados.
Trabalhamos com professores, auxiliares, técnicos, mediadores de leitura, escritores e ilustradores, sempre concentrados no nosso público preferencial, os alunos, com quem também tanto temos aprendido.
A nossa forma de estar e de trabalhar é juntos e em rede e é assim que garantiremos que o que construímos nestes vinte anos não se torne passado ou ultrapassado. Conto com a energia de todos para concretizar o lema desta celebração: 
20 anos RBE - uma história com futuro.

sábado, 8 de outubro de 2016

Filhos, pais e muito mais... Encontros sobre educação e parentalidade



Passatempo "Viagem a Coimbra"

Está em vigor, até ao dia 21 de outubro, o Passatempo Viagem a Coimbra/Sete Dias de Verão, para alunos de 3º, 4.º, 5.º e 6.º anos.
Podes ler aqui o regulamento:
http://issuu.com/bib.ebjosefal…/docs/passatempo_escolas_2016
http://livrosdevidro.wixsite.com/livrosdevidro/single-post/2016/07/07/Opini%C3%A3o-Viagem-a-Coimbra-de-Bruno-Magina

Regulamento

>

AMI – Linka-te aos outros


O “Linka-te aos Outros” lançou dia 3 de outubro a sua 7ª edição. De 3 de Outubro  de 2016 a 6 de Janeiro de 2017 poderão ser enviados para a Fundação AMI os formulários de candidatura, preenchidos e com os devidos anexos, para apreciação do Júri.

Este concurso destina-se a todos os jovens a frequentar a escola a entre o 7º e o 12º ano e consiste na apresentação de propostas para resolução, através de atividades de voluntariado, de problemas locais que os próprios detetem. A AMI selecionará os projetos mais consistentes (no máximo 5) e financiará 90% dos mesmos, até um total de 2000€.

Vamos a isso!


Concurso de Vídeo- SET UP

A Rede Europeia Women against Violence Europe (WAVE) e as suas organizações parceiras convidam os/as jovens a participarem no Concurso Europeu “Jovens pela Prevenção da Violência Domésticae Violência Sexual", a decorrer no âmbito da Campanha Europeia  Step Up!.

Este concurso é dirigido a jovens entre os 18 e os 25 anos.


Tem como objetivo consciencializar para a violência contra as mulheres e alertar as sobreviventes para a importância de procurar serviços de apoio.

Para mais informações consulta:
http://blogue.rbe.mec.pt/concurso-de-video-campanha-europeia-2004560

Miúdos a votos!


Já alguma vez votaste? Já fizeste campanha eleitoral para defender as tuas ideias? Pois vais poder votar nos teus livros preferidos, numas eleições ‘à séria’, com cartazes, comícios e urnas. A 17 de março há eleições! Esta é a nova iniciativa da VISÃO Júnior para as escolas, este ano letivo, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares.
Dia 17 de março pode ser um dia muito especial na tua vida: pode ser o dia em que pela primeira vez vais colocar um voto dentro de uma urna e, assim, dizeres aquilo que pensas. Não vais escolher deputados nem presidentes da República, mas votares no livros que mais gostas!
«Miúdosa Votos: quais os livros mais fixes?» é uma iniciativa inédita da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, com o apoio do Plano Nacional de Leitura, que vai permitir aos alunos entre o 1º e o 9º anos de escolaridade votarem nos livros que mais gostaram de ler até hoje. Destas eleições, resultará a lista das obras preferidas dos estudantes portugueses.
O processo é semelhante ao de umas eleições políticas.


Para mais informações consulta:
http://blogue.rbe.mec.pt/nova-iniciativa-para-as-escolas-miudos-2004745

E agora, toca a ir a votos! 

MIBE - Concurso de Ideias: Aprende a Descodificar o Teu Mundo


Este é o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).
Para 2016, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 24 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal.
O concurso de ideias “Aprende a descodificar o teu mundo” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. 
A biblioteca escolar faz parte do nosso mundo e se olharmos para ela com atenção, se percebermos o seu funcionamento, se a descodificarmos, seremos capazes de ter ideias que ajudem a torná-la (ainda) melhor.
O desafio consiste em apresentar uma ideia inovadora, que se consubstancie na criação de um produto ou ideia de melhoria de um serviço, relacionado com uma das áreas de trabalho da biblioteca escolar.
Até 31 de outubro, os alunos são desafiados a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. Cada agrupamento/ escola não agrupada pode candidatar-se a este concurso, com a proposta que considerar melhor, de acordo com o regulamento anexo. A ideia vencedora, bem como os seus autores, serão premiados. 
Para mais informações consulta:

Divulga as tuas boas ideias!

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Leituras da República

Estamos no dia 6 de outubro de 2016. Iniciámos, na biblioteca escolar do Centro Educativo, com as turmas do 4º ano, atividades de promoção/animação da leitura sobre a História da Implantação da República – LEITURAS DA REPÚBLICA.
Um aluno levanta o dedo, toma a palavra e questiona:
- Mas como é que passaram da Monarquia para a República? Eles não queriam os reis?
Por aqui começámos a desfiar memórias e a recontar histórias a partir de objetos e fontes históricas de diferente natureza. Mobilizando bibliografia diversa, de vários autores, relacionada com a temática, como: Luísa Ducla Soares, José Fanha, José Jorge Letria, Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, fomos dando resposta às questões colocadas, articulando os acontecimentos históricos e as memórias presentes na “mala da República”, o que permitiu uma abordagem coerente do tema e sua ilustração através da leitura expressiva realizada pelos alunos e alunas.
O recurso aos objetos e fontes históricas que integram os materiais pedagógicos da “mala da República” permitiu desenvolver uma narrativa histórica, social, política e cultural da transição entre a época monárquica e a republicana. Pudemos, assim, contactar com fontes históricas e objetos, de diferente natureza, e entrecruzar várias leituras para dar a conhecer e dialogar sobre factos e curiosidades da Monarquia e da República que nasceu a 5 de outubro de 1910.
Foi uma experiência que captou a curiosidade e permitiu cantar “A Portuguesa”, verbalizar opiniões, ideias e sentimentos sobre a temática.
VIVA A REPÚBLICA!

(Palavras de José Relvas, no dia 5 de outubro de 1910, na varanda da Câmara Municipal de Lisboa, quando içava a nova bandeira de Portugal)

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

CASA DAS ARTES DE MIRANDA DO CORVO CELEBRA DIA MUNDIAL DA MÚSICA COM CONCERTO DOS DEAD COMBO

DEAD COMBO apresentam-se na Casa das Artes, no próximo dia 1 de outubro pelas 21h30,  com o álbum A Bunch of Meninos,  que já conquistou disco de ouro.
Trata-se de um dos mais belos e singulares projetos musicais nascidos em Portugal ao longo da última década.
A música dos DEAD COMBO é indissociável das influências e das vivências que a geraram. O projeto nasceu em 2002 por ocasião de um tributo a Carlos Paredes - o génio da guitarra portuguesa. Em 2004 lançaram o seu primeiro álbum “Vol.1″, aclamado pela crítica e público como um dos melhores discos do ano.
Após entrarem no programa culinário de Anthony Bourdain, que fala sobre a cultura e gastronomia lisboeta, entraram no Top 10 do iTunes americano.
Sem letras nem palavras, o duo de Tó Trips e Pedro Gonçalves canta com uma clareza desarmante o Tejo e Lisboa, Portugal e o Mediterrâneo, uma África idealizada e a vastidão da América, imaginada em Itália nos westerns de Morricone, majestosamente filmada por Wim Wenders e tocada por Ry Cooder.
Para cantarem estes retratos, repita-se, não precisam de uma voz.
Precisam apenas de uma guitarra e um contrabaixo que, através de uma certa vivência do rock’n’roll, conjuram anos e anos de música e atravessam continentes, reunindo o fado e os blues na mesma canção.

Os bilhetes8 e 10 euros.

Para ouvir:

Reservas e Venda de Bilhetes: Casa das Artes – Alameda das Moitas – Miranda do Corvo – 239 533141 « terça a sexta-feira: 14h/19h| sábado e domingo: 15h/19h»
Reserva de bilhetes: Posto de Turismo – 239 530316 | Biblioteca Municipal Miguel Torga - 239530326

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Uma Biblioteca é uma casa onde cabe toda a gente


No dia 19 de setembro, a meio da manhã, na escola do 1º CEB de Miranda do Corvo, apareceu uma senhora com vestido de livro a convidar os alunos e alunas do 1º ano a visitar a sua casa. Aceite o convite, ei-los (las) chegados (as) a “Uma Biblioteca [que] é uma casa onde cabe toda a gente”. Foi em ambiente lúdico e de leitura que a Biblioteca Escolar recebeu os alunos e alunas que iniciaram o 1º ano de escolaridade.
A animação/promoção da leitura da obra de Mafalda Milhões abriu espaço para os alunos (as) participarem em contextos relacionados com a leitura; dialogar sobre a biblioteca e a sua utilidade; verbalizar opiniões, ideias sentimentos e emoções sobre as bibliotecas e as leituras e contactarem com diferentes agentes de aprendizagem. A obra abre-se a muitas leituras e variadíssimos leitores, desde os 0 aos 200 anos, onde se encontram bebés, amas que dão colinho, avós, bisavós, personagens de contos tradicionais, gente que só aparece no Natal e outros mais… nomeados pelos presentes: a mãe Sandra, Liliana, Ana; o pai João, Miguel, Ricardo; a mana Rita, Mariana, Andreia; o mano André, Tiago, Rodrigo; a avó Fernanda, Isabel, Graça; o avô Alfredo, José, Manuel, os primos, os tios, as tias, toda a família, os amigos e conhecidos.

Bom ano letivo são os votos da equipa da Biblioteca Escolar!

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

A PALAVRA BIBLIOTECA - Receção aos alunos e alunas do 5º ano e seus familiares



Ontem, dia 14 de setembro, a Biblioteca Escolar recebeu os alunos e alunas do 5º ano e seus familiares com a leitura do poema “O limpa-palavras” de Álvaro de Magalhães, marcando de forma poética o início de mais uma etapa da sua escolaridade. Foi bom revê-los e revê-las, ver como cresceram, como chegaram de sorrisos abertos, com muita vontade de estar e de descobrir…
Após a leitura do poema, todos os presentes foram desafiados a participar na leitura, explorando o sentido da materialização da palavra BIBLIOTECA, proporcionando um ambiente envolvente de boas vindas a uma casa onde cabe toda a gente.
Todos juntos lembrámos que a palavra BIBLIOTECA …
Ajuda a aprender
Motiva a ler
Mostra livros fantásticos
Apoia a fazer trabalhos
Dá prémios a quem concorrer
Aconselha nas leituras
Conta histórias
Deixa jogar, ganhar e nunca perder
Lê histórias e poemas
Gosta de silêncio e tranquilidade
Brinca com os livros, inventa teatros
Descobre “coisas do outro mundo”
Deixa-me ouvir música
Abre-me os olhos de espanto ao ver tantos filmes
É curiosidade, pesquisa e informação
É motor de busca, TV, DVD, CD, computador e Internet
Estuda comigo e contigo
Faz pensar, imaginar, rir e divertir
Celebra muitos aniversários e convida “gente gira”
É festa de livros, leituras, exposições, músicas e canções
Tem montras de livros vaidosos e apetitosos de ler
É feira, com livros a preços de saldos
Dá importância a grandes escritores, escritoras e outros criadores
Tem pessoas prestáveis e simpáticas …


Bom ano letivo são os votos da equipa da Biblioteca Escolar!





quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Exposição “No Rasto de D. Sesnando” - Casa das Artes

Está patente, desde o  dia 30 de agosto, na Casa das Artes, a exposição “No Rasto de D. Sesnando”.
Concebida pela Rede de Castelos e Muralhas do Mondego, esta exposição percorre diferentes olhares sobre este território.
Cada um, apropriando-se de um pedaço de história, de um modo de sentir.
Em cada fotografia uma descoberta…
Esta exposição mostra 19 olhares sobre a Rede, as fotografias eleitas no âmbito do passatempo fotográfico “No Rasto de D. Sesnando…”, promovido pela National Geographic Portugal – edição especial “Castelos e Muralhas do Mondego”.
Com elas percorremos um território repleto de diversidade e de emoções.
O território da Reconquista, de D. Sesnando, das batalhas entre cristãos e muçulmanos, de D. Afonso Henriques e D. Gualdim Pais na construção de um país, mas acima de tudo o território de hoje.
Este é o espaço da união de 10 concelhos na defesa da sua identidade, do seu património, da sua história comum. A visão que os une é refletida na exposição através de 20 fotografias ilustrativas dos seus monumentos, testemunhando o olhar das instituições sobre o seu património.
Dois modos de sentir e de ver.
Esta é a dualidade exibida, desafiando-vos a partir à descoberta de uma história viva.
Parta à Reconquista com a Rede de Castelos e Muralhas do Mondego!
A exposição estará patente até 9 de outubro 2016.


quinta-feira, 8 de setembro de 2016

GOD com Joaquim Monchique - Casa das Artes | 17 de setembro




EU SOU O SENHORREI DO UNIVERSO!
CRIADOR DO ESPAÇO E DO TEMPO..... E AGORA: ESTRELA NOS PALCOS
JOAQUIM MONCHIQUE NA NOVA COMÉDIA "GOD"

GOD vai descer à Casa das Artes no dia 17 de setembro pelas 21h30.
O público poderá ver e ouvir, através de Joaquim Monchique, o que GOD vai anunciar:
o estado das coisas na terra que, como era de esperar, não se encontra de boa saúde.

Chegou pois a hora de GOD e os seus dois anjos, Miguel e Gabriel, mudarem o rumo da humanidade e tornarem a vida terrena mais aprazível.

Escrita por David Javerbaum, (vencedor de 13 Emmys e 2 Grammys) um dos escritores de eleição de Jon Stewart no The Daily Show, GOD (An Act of God, no original) responde às questões existenciais que têm atormentado os homens desde a Criação.
Com um extraordinário sentido de humor, a comédia que fez furor na Broadway no último ano, chega agora a Portugal, sendo certo e seguro que muito irá dar que falar.
Preparem-se: ELE vem aí.
GOD, um espetáculo divinal!

Texto David Javerbaum I Encenação António Pires I Tradução Ana Sampaio I Adaptação João Quadros, António Pires, Joaquim Monchique e Rui Filipe Lopes I Cenário e Assistência de Encenação Rui Filipe Lopes IDesenho de Luz Luís Duarte I Sonoplastia Hugo Franco
Com: Joaquim Monchique, Diogo Mesquita e Rui Andrade


Bilhete Geral: 10 euros
Bilhete Especial: 8 euros ( jovens 12-18 anos), seniores (65 anos e +) e grupos (10 pessoas ou +)
Os bilhetes terão que ser levantados até 3 dias após a reserva, sob pena de serem anulados.
Reservas e Venda de Bilhetes: Casa das Artes – Alameda das Moitas – Miranda do Corvo – 239 533141 « terça a sexta-feira: 14h/19h| sábado e domingo: 15h/19h»
Reserva de bilhetes: Posto de Turismo – 239 530316 | Biblioteca Municipal Miguel Torga - 239530326



Exposição “As crónicas de Ladeira”


A BIblioteca Municipal Miguel Torga convida-o  para a inauguração da exposição “As crónicas de Ladeira” da autoria de Ricardo Ladeira, no próximo dia 9 de setembro, pelas 18h00.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PAULO BASTOS – Concerto Baile - ENTRADA LIVRE

27 AGOSTO|22h00 

CASA DAS ARTES DE MIRANDA DO CORVO



O CONCERTO  
Um concerto acústico que busca as mais diversificadas influências musicais (como Pop/Rock, Bossanova, Jazz, Música Clássica e até Música Eletrónica) na simplicidade nua e crua das suas próprias origens: a Música Tradicional.
É também inspirado pelas diferentes danças tradicionais do mundo, onde os pés são conduzidos pelos movimentos descontraídos dos dedos sobre as cordas de uma guitarra universal, instrumentos tradicionais portugueses como cavaquinho português e a guitarra portuguesa, ou até mesmo conduzidos pela maquinal e eletrónica tecnologia de uma loopstation.
Os estilos misturam-se, as técnicas cruzam-se, os conceitos fundem-se numa alquimia só possível sobre uma base de elementos sólidos com o peso de séculos de vidas: a música e a dança tradicional do mundo.

A DANÇA
Pretende-se que todas as músicas deste concerto, para além de ouvidas, possam ser dançadas, se assim se entender, como tal todas as músicas têm uma sugestão de uma dança/coreografia de dança tradicional do mundo com a qual podem ser dançadas. O objetivo é que, desta forma, a música, para

além do propósito musical artístico, possa também ter um propósito social (de dança em grupo ou a par).

Louco como Eu

  Com Susana Moreira Marques "Joyce Carol Oates disse uma vez que quando os escritores perguntam uns aos outros a que horas começam a e...