sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Ler No Natal







As atividades de promoção/animação da leitura Ler no Natal foram desenvolvidas na educação pré-escolar, 1º e 2º CEB e ensino secundário, a partir de três obras: O Cavalinho de Pau do Menino Jesus, Nasceu o Menino Jesus; Hoje é Natal! e Uma fé como a minha: As principais religiões do mundo vistas pelas crianças. O Cavalinho de Pau do Menino Jesus é o título do livro que, para além desta, integra outras duas histórias natalícias, do escritor e poeta português, já falecido, Manuel António Pina, ilustrado por Inês do Carmo. A leitura desta obra desafia os leitores, sejam crianças, jovens ou adultos, a situar-se entre o sagrado e o profano, o religioso e o lúdico, entusiasmando quem lê e captando a atenção de quem ouve, onde a ironia, a sátira e a diversão discorrem em harmonia, proporcionando uma fantástica ficção à volta do Natal. Nesta narrativa assistimos aos preparativos, à viagem, e às peripécias, por que passa o Pai Natal quando resolve ir até Belém para presentear o Menino Jesus, aquando do seu nascimento, com um cavalinho de pau. Nasceu o Menino Jesus de Dick Bruna (texto e ilustração) é um livro que aborda de forma simples o nascimento do Menino Jesus e serviu de mote introdutório à leitura da obra de Manuel António Pina. Hoje é Natal!, escrito por José Vaz e ilustrado por João Caetano, fala-nos sobre o espirito de Natal, envolvendo as festividades desta época numa dimensão humanista. Uma fé como a minha: As principais religiões do mundo vistas pelas crianças de Laura Buller, um livro informativo que apoiou o conhecimento sobre as religiões. A animação/promoção da leitura à volta destas obras levou-nos a explorar a dimensão religiosa, festiva e lúdica do Natal. Partindo do diálogo sobre os pressupostos religiosos explícitos nas histórias, o cristianismo, aprofundámos o conhecimento sobre os aspetos de outras culturas religiosas, dando a conhecer aos alunos e alunas algumas religiões do mundo: cristianismo, islamismo, budismo, hinduísmo e judaísmo. A ludicidade, também presente nestas atividades, para promover a aprendizagem do poema “Cavalo”, através das formas de expressão/comunicação: dramática e musical, apelou à mobilização das sonoridades corporais e cumpriu o objetivo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Homenagem à mulher. Leituras com filmes de animação.

  Comecemos com um pouco de história: Diz-nos a Wikipédia que: O Dia Internacional da Mulher é celebrado anualmente, no dia 8 de março. ...